Irã mostrou apenas "parte de seu poderio militar"

As novas armas mostradas pelo Exército iraniano nas manobras militares que acabam de terminar no Golfo Pérsico são apenas "parte do poderio militar iraniano", advertiu nesta sexta-feira o clérigo muçulmano Sayed Ahmed Khatami. Khatami, que se pronunciou durante o sermão desta sexta-feira em Teerã - evento considerado a tribuna política em que o regime iraniano expressa sua postura oficial - acrescentou que "há uma grande parte (do equipamento militar iraniano) que o mundo opressor não verá, por enquanto". "A mensagem destas manobras aos inimigos é que se pensam em fazer uma mínima invasão ao sistema islâmico iraniano, levarão um fortíssimo golpe", advertiu. O clérigo se referia aos novos mísseis avançados que a Guarda Revolucionária iraniana apresentou nas manobras "O Grande Profeta", e que despertaram a atenção internacional no momento em que o regime iraniano está em disputa com as principais potências ocidentais devido a seu programa nuclear. O imame, ministro da religião muçulmana, falou também sobre a polêmica nuclear, afirmando que o povo iraniano "insistirá em obter seu direito (à energia nuclear) até a última gota de sangue". Enquanto Khatami falava, a multidão gritava "Alá é grande" e "a energia nuclear é nosso direito".

Agencia Estado,

07 Abril 2006 | 13h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.