Irã não é ameaça iminente, dizem EUA a israelenses

Os EUA, citando evidências de contínuos problemas no programa nuclear iraniano, vêm tentando convencer Israel de que levará um ano ou mais para o Irã completar o que um funcionário de alto escalão chamou de "esboço" de uma arma nuclear, disseram funcionários da Casa Branca. Eles acreditam que os argumentos podem reduzir a possibilidade de Israel lançar um ataque preventivo contra as instalações nucleares iranianas, como funcionários israelenses têm sugerido recentemente.

NYT, O Estado de S.Paulo

20 de agosto de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.