Irã nega boato sobre visita a Brasil

O governo iraniano negou ontem que o presidente Mahmoud Ahmadinejad tenha cancelado uma visita ao Brasil por "pressões" da comunidade internacional. "A viagem não foi suspensa pela parte brasileira, como foi dito. Foi o Irã que cancelou a visita por causa das ocupações do presidente", afirmou o porta-voz da chancelaria iraniana, Hassan Qashghavi. Ahmadinejad tinha agendada na semana passada uma viagem pela América Latina, que o levaria primeiro ao Brasil e depois à Venezuela e Equador. No entanto, o líder iraniano cancelou a visita na última hora sem dar muitas explicações. Qashghavi ainda afirmou que os laços entre o Irã e a América Latina e em especial com o Brasil são "crescentes" já que os dois são Estados com grande influência em suas respectivas regiões. O porta-voz também criticou as tentativas de se criar uma "fobia" em relação ao Irã.

EFE, O Estadao de S.Paulo

12 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.