Irã nega estar em negociações secretas com EUA

O Irã negou neste domingo uma reportagem do jornal The New York Times de que teria concordado em manter conversas bilaterais diretas com os EUA sobre seu programa nuclear. "Não estamos envolvidos nisso neste momento", disse o ministro das Relações Exteriores iraniano, Ali Akbar Salehi, ao ser questionado sobre a matéria do Times.

Agência Estado

21 de outubro de 2012 | 11h32

A Casa Branca também negou no sábado a reportagem, que se baseia em fontes do governo do presidente Barack Obama dizendo que os EUA e o Irã concordaram em manter negociações bilaterais secretas sobre as ambições nucleares iranianas. O Times disse que o Irã insistiu para que as conversas só tenham início após a eleição presidencial dos EUA, em 6 de novembro.

Salehi não excluiu uma retomada das negociações entre o Irã e o grupo P5+1, os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), após a eleição. "Nas últimas conversas, ficou decidido que o próximo encontro será realizado no fim de novembro, mas nenhuma data ou local foi definido ainda."

As potências ocidentais acusam o Irã de buscar desenvolver uma bomba nuclear, o que o Irã nega, dizendo que seu programa nuclear tem apenas fins pacíficos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãEUAprograma nuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.