Irã: Obama diz preferir solução pacífica

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta terça-feira, durante discurso perante a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), que orientou seu chanceler, John Kerry, a buscar um acordo com o Irã e disse "acreditar firmemente que o caminho diplomático precisa ser testado".

AE, Agência Estado

24 Setembro 2013 | 12h13

Obama declarou-se encorajado pelo caminho de moderação buscado pelo novo presidente do Irã, Hasan Rouhani, mas insistiu em que "as palavras de conciliação precisam ser acompanhadas de ações que sejam transparentes e verificáveis".

Os EUA acusam o Irã de buscar a bomba atômica. O governo iraniano assegura que seu programa nuclear tem fins estritamente pacíficos.

Ainda não se sabe se Obama se reunirá com Rouhani durante a estada do iraniano na sede da ONU em Nova York. Há mais de 30 anos, presidentes dos EUA e do Irã não se encontram face. Apesar de autoridades norte-americanas terem dito que não há nenhuma reunião planejada, a possibilidade também não foi descartada. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
ONUObamaIrã

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.