Irã: Ocidente precisa avançar na questão nuclear

O Ocidente precisa tomar passos concretos e para construir a confiança com o Irã, disse nesta sexta-feira um funcionário graduado do governo da república islâmica, Ali Baqeri, após voltar de uma visita à China e à Rússia. Baqeri, vice do negociador nuclear iraniano Saed Jalili, pediu que o Ocidente "dê passos concretos para construir a confiança com o povo iraniano". As declarações de Baqeri parecem fazer eco a demandas mais explícitas do Irã, feitas nos últimos dias, para que os países ocidentais abrandem o embargo que fizeram ao petróleo iraniano, informa a agência France Presse (AFP).

AE, Agência Estado

04 Maio 2012 | 15h37

Baqeri afirmou que teve "sérias discussões" em Pequim e Moscou sobre as negociações entre o Irã e o grupo 5+1, que engloba os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) mais a Alemanha. As duas partes concordaram no mês passado, em Istambul, em retomar as negociações sobre o programa nuclear iraniano, que foram interrompidas há 15 meses. A próxima rodada de negociações entre o Irã e o 5+1 foi marcada para 23 de maio em Bagdá.

Baqeri disse que ambas as partes prometeram avançar "passo a passo, na base da reciprocidade" e afirmou que o esboço desse processo "será determinado antes do encontro de Bagdá". Ele citou a reunião que ocorreu em Istambul, ao fazer menção a um "acordo" entre o Irã e o 5+1, que parece se referir a um entendimento mútuo entre Teerã e o Ocidente, de que o Tratado de Não Proliferação Nuclear (TPN) forme a base para "um processo sustentado de diálogo sério".

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.