Irã oferece informações sobre programa nuclear secreto

O Irã ofereceu à Agencia Internacional de Energia Atômica (AIEA) informações sobre um projeto secreto de processamento de urânio, que a inteligência dos Estados Unidos relacionou a trabalhos com explosivos e desenvolvimento de ogivas, afirmaram fontes diplomatas nesta quinta-feira.Um dos diplomatas confirmou que uma equipe de especialistas viajará para Teerã no fim de semana para acompanhar a oferta de discussão do projeto "Green Salt" .Essa equipe, com base em Viena, é familiar com o trabalho da agência de monitoração nuclear das Nações Unidas e exigiu anonimato, pois não está autorizada a discutir a sondagem da AIEA ao programa nuclear de Teerã.A menção pública do Projeto "Green Salt" veio com um relatório da AIEA no começo de fevereiro em uma reunião dos governadores das 35 nações que formam o órgão, que posteriormente reportaram Teerã ao Conselho de Segurança da ONU.A importância das informações oferecidas pelos iranianos ainda não é definida, mas ela poderia esclarecer alguns aspectos suspeitos do programa nuclear do país.A abertura iraniana, a menos de duas semanas da reunião de AIEA, parece ser uma tentativa de aliviar preocupações internacionais e qualquer ameaça de ações firmes do Conselho de Segurança nos próximos meses.O Irã negou que possua armas atômicas e a AIEA falhou em provar o contrário, mas a agência fez uma série de descobertas que incluem experimentos com plutônio e tentativas secretas de desenvolver um programa de enriquecimento de urânio. De acordo com os diplomatas que tiveram aceso ao relatório da AIEA, ele se baseia em asserções feitas pela inteligência americana, que foram desclassificadas recentemente e divididas com oficiais da agência para que eles pudessem confrontá-las com os iranianos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.