Atta Kenare / AFP
Atta Kenare / AFP

Irã ordena retirada de 60 mil moradores de cidade ameaçada por inundação

País sofre há semanas com as cheias, que já deixaram mais de 70 mortos

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2019 | 10h34

AHVAZ, IRÃ - As autoridades da Província de Khuzestan, no sudoeste do Irã, ordenaram nesta quarta-feira, 10, a saída de mais de 60 mil pessoas da cidade de Ahvaz, que está ameaçada de inundação, informou a imprensa estatal.

O governador da província, Gholamreza Shariati, afirmou que a ordem de retirada foi decidida de "forma preventiva e por precaução para evitar qualquer perigo à população", segundo a agência Manitas.

O Irã sofre há três semanas com grandes inundações, que deixaram mais de 70 mortos, de acordo com balanço oficial mais recente. 

As chuvas torrenciais atingiram principalmente o nordeste do país no dia 19 de março. Uma segunda série de chuvas afetou o sudoeste a partir de 25 de março. A atual, iniciada no dia 1.º de abril, atinge a mesma região, em particular Ahvaz. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.