Irã participaria de reunião sobre Síria, diz ministro

O ministro de Relações Exteriores do Irã, Ali Akbar Salehi, disse que seu país participaria de uma conferência, organizada pelos Estados Unidos e líderes russos, sobre a guerra civil na Síria, segundo uma entrevista concedida à revista alemã Spiegel.

Agência Estado

12 de maio de 2013 | 15h17

"Nós não recebemos nenhum convite ainda, mas é claro iríamos. Poderíamos iniciar negociações entre o governo e a oposição na Síria", disse.

O Secretário de Estado dos EUA, John Kerry, afirmou esta semana que planeja com a Rússia a promoção de uma conferência internacional destinada a iniciar uma transição política em Damasco, capital síria.

De acordo com a revista alemã, Salehi se opõe ao uso de armas químicas. "Estamos definitivamente contra as armas de destruição em massa de qualquer tipo."

Além disso, ele manifestou confiança sobre as negociações entre o Irã e os países ocidentais em relação ao programa nuclear iraniano. "Estou confiante que vamos fazer progressos substanciais." As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãSíriaguerraconferência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.