Irã prende filha do ex-presidente Rafsanjani em protesto

Autoridades iranianas detiveram a filha do ex-presidente Akbar Hashemi Rafsanjani, mais poderoso apoiador da oposição dentro da liderança clerical no país, segundo informações da agência de notícias oficial, Irna. Faezeh Hashemi, que participou de protestos de oposição no passado, foi detida neste domingo enquanto cantava slogans antigoverno em uma das principais ruas de Teerã, de acordo com a Irna. Outro serviço de notícias pró-governo relatou que ela foi libertada um pouco depois.

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2011 | 17h49

A oposição do Irã programou manifestações neste domingo, para marcar uma semana desde que duas pessoas morreram em confrontos de 14 de fevereiro, entre forças de segurança e manifestantes da oposição em Teerã. A detenção de Hashemi sugeriu que as multidões realmente tentaram se reunir neste domingo, apesar dos alertas severos das autoridades.

O grupo Campanha Internacional para Direitos Humanos no Irã, sediado em Nova York, declarou que um grande número de pessoas foi às ruas na capital e em quatro outras cidades, mas forças de segurança dispersaram as multidões com balas de fogo e gás lacrimogêneo. Acredita-se que uma pessoa tenha morrido na capital. Entretanto, o relato não se confirmou e o chefe de polícia do Irã, Esmaeil Ahmadi Moghadam, negou que os protestos tenham ocorrido. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãprotestosoposição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.