Irã prende sete em funeral de oposicionista, diz site

Um site reformista do Irã afirmou hoje que autoridades prenderam várias pessoas durante o funeral do pai de um importante líder oposicionista do país. Segundo o site kaleme.com, as forças de segurança detiveram sete pessoas que estavam presentes na cerimônia do pai de Mir Hossein Mousavi.

AE, Agência Estado

31 Março 2011 | 14h09

Mir Esmail Mousavi morreu ontem, aos 103 anos. Ele foi enterrado em um cemitério de Teerã, em meio a um forte esquema de segurança. Não está claro se o próprio Mousavi, que estava em prisão domiciliar desde fevereiro, quando planejou manifestações em solidariedade ao levante no Egito, compareceu ao funeral.

Mousavi concorreu contra o presidente Mahmoud Ahmadinejad em 2009 e perdeu. Partidários dele dizem que essa eleição foi fraudulenta. Desde então, o governo tem atuado para reprimir manifestações contra os resultados. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Irã oposição funeral prisões

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.