Irã: presidente se compromete a mudar política externa

O novo presidente do Irã, Hasan Rouhani, afirmou, neste sábado, que seus compatriotas o elegeram para mudar a política externa do país, e se afastar do estilo "bombástico" adotado por seu antecessor, Mahmoud Ahmadinejad. Rouhani disse que seu governo vai adotar estratégias para se aproximar de potências mundiais, e, ao mesmo tempo, reforçou que a República Islâmica irá manter seus princípios.

AE-AP, Agência Estado

17 de agosto de 2013 | 16h42

"A política externa não é o meio em que se pode falar ou tomar uma posição sem prestar atenção", disse durante a posse do novo ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif.

O ex-presidente Ahmadinejad classificava as resoluções do Conselho de Segurança da ONU como inúteis e também costumava dizer que lideranças Estados Unidos deveriam ser "enterradas", em resposta às ameaças militares americanas contra o programa nuclear de Teerã.

Rouhani também se comprometeu a seguir uma política de moderação e aliviar as tensões com o mundo. Ele ainda prometeu melhorar a economia devastada pela sanções internacionais e má gestão, capacitando tecnocratas.

O atual presidente obteve uma vitória esmagadora nas eleições de 14 de junho, derrotando seu rivais conservadores, e tomou posse no dia 4 de agosto. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãpolítica externa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.