Irã proíbe as bonecas Barbie por 'moralidade'

O Irã proibiu a venda de bonecas Barbie no país. A polícia moral islâmica foi orientada a procurar e retirar das lojas os exemplares do brinquedo que ainda estejam disponíveis. A decisão foi tomada pelo governo porque a boneca representaria "uma influência cultural decadente" ocidental e feriria os costumes e a moralidade da república islâmica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.