Irã proíbe jogo eletrônico que simula ataque ao país

O governo iraniano decidiu proibir a comercialização no país do jogo eletrônico Battlefield 3. Entre as missões que os jogadores precisam cumprir durante o jogo está um ataque à capital do Irã, Teerã. A tarefa inclui bombardeios e uma invasão de blindados, realizados pelos usuários, que incorporam fuzileiros navais americanos no jogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.