Irã protesta contra invasão de avião teleguiado dos EUA

O governo do Irã fez um protesto formal nesta quinta-feira contra a invasão de um avião não tripulado em seu espaço aéreo no domingo passado, após exibir imagens do suposto avião RQ-170 Sentinel, um drone, na televisão estatal, informa a agência France Presse (AFP). Os EUA admitiram nesta semana que perderam um avião não tripulado que estaria em missão na fronteira entre Afeganistão e Irã, mas não comentaram as imagens divulgadas hoje pelos iranianos.

AE, Agência Estado

08 de dezembro de 2011 | 19h29

A embaixadora da Suíça no Irã, Livia Leu Agosti, foi convocada à chancelaria do Irã. Os funcionários iranianos disseram a ela que o incidente sugere que Washington ampliou "suas ações provocadoras e espiãs" contra a república islâmica, reportou o website da televisão estatal.

A Suíça cuida dos interesses dos EUA no Irã. Washington e Teerã não têm relações diplomáticas desde 1979.

O Irã "protesta em termos fortes contra a violação do seu espaço aéreo por um avião de espionagem RQ-170", disse a matéria, acrescentando que o governo de Teerã pediu por "uma resposta urgente e compensações do governo americano".

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãEUAdroneRQ-170 Sentinelespionagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.