Irã quer enviar navios para águas perto dos EUA

O comandante-em-chefe da Marinha do Irã, almirante Habibollah Sayyari, afirmou nesta terça-feira à agência de notícias Irna que o país enviará navios para perto das águas territoriais dos Estados Unidos.

AE, Agência Estado

27 Setembro 2011 | 16h22

"Já que a opressão global (os Estados Unidos) está presente não muito longe de nossas fronteiras marítimas, nossa Marinha vai ter uma forte presença não muito longe das águas territoriais norte-americanas", afirmou Sayyari à agência estatal de noticias.

Em 19 de julho, Sayyari já havia afirmado que o Irã enviaria uma "flotilha para o Atlântico".

As declarações foram divulgadas no momento em que outra alta autoridade iraniana parece rejeitar um pedido recente de Washington para o estabelecimento de uma "linha vermelha" entre os dois países, com o objetivo de evitar confrontos indesejados entre suas forças armadas na região do Golfo Pérsico.

"Quando estivermos no Golfo do México vamos estabelecer contato direto com os Estados Unidos", disse Ali Fadavi, comandante da Marinha da Guarda Revolucionária do Irã, em declarações à mídia.

"Na visão da República Islâmica do Irã, a presença dos Estados Unidos no Golfo Pérsico é ilegítima e não faz sentido." as informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Irã EUA navios

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.