Irã recua após anunciar máquina que lê o futuro

A imprensa iraniana publicou que um cientista local criou uma máquina capaz de prever o futuro. Segundo a agência oficial Fars, o aparelho instalado num computador pessoal poderia detalhar até oito anos do futuro usuário, com base na suas digitais. Depois de virar alvo de chacota em meios internacionais, a Fars retirou do ar a notícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.