Irã rejeita política da ''cenoura e do bastão''

O Irã rejeitou ontem a proposta de negociação com base na política da "cenoura e do bastão" (incentivos econômicos ou sanções), como havia defendido o presidente eleito dos EUA, Barack Obama. "Ela é inaceitável e fracassada", rebateu o porta-voz da chancelaria iraniana, Hasan Qashqavi. Desde a eleição de Obama, Teerã tem mostrado interesse em negociar com os EUA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.