John Moore/Getty Images/AFP
John Moore/Getty Images/AFP

Irã retoma enriquecimento de Urânio na central nuclear de Fordo

Reativação da instalação nuclear, localizada a sul de Teerã, é parte do plano do Irã de redução de compromissos na área nuclear

Redação, O Estado de S.Paulo

07 de novembro de 2019 | 04h10

TEERÃ - O Irã retomou nesta quinta-feira, 7, o programa de enriquecimento de urânio na central de Fordo (180 km ao sul de Teerã). De acordo com a agência de notícias estatal iraniana, IRNA, as atividades foram reiniciadas após a ordem executiva assinada pelo presidente Hassan Rouhani.

Para o reinício das operações na central, que estava inativa desde 2015, um cilindro com 2 mil quilos de hexafluoreto de urânio (UF6) foram transferidos das instalações de Shahid Alimohammadi para Fordo. O cilíndro foi conectado a linhas de alimentação, retomando tecnicamente a produção.

Ainda de acordo com a IRNA, todo o processo foi supervisionado pela Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

Quarta etapa do plano

Esta é a "quarta etapa" do plano de redução de compromissos na área nuclear iniciado em maio, em resposta à saída do governo dos Estados Unidos do Acordo de Viena em 2018, havia indicado o presidente iraniano, Hassan Rouhani, nesta quarta-feira, 6.

O presidente apresentou ainda um novo prazo de dois meses aos Estados signatários do Acordo de Viena (Reino Unido, França, Rússia, China e Alemanha) para uma resposta aos pedidos do Irã. Caso isto não aconteça, o país reduzirá ainda mais seus compromissos.

Tudo o que sabemos sobre:
Irã [Ásia]energia nuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.