Irã sinaliza possíveis concessões em busca por acordo

O Irã indicou nesta quinta-feira a possibilidade de fazer concessões em relação ao reator de plutônio da usina de Arak, a 250 quilômetros de Teerã, segundo a mídia estatal iraniana. Trata-se de um dos pontos mais sensíveis do programa nuclear da república islâmica.

AE, Agência Estado

06 de fevereiro de 2014 | 18h09

"Podemos fazer algumas mudanças no projeto para produzir menos plutônio nesse reator e, dessa forma, dissipar e mitigar as preocupações", disse Ali Akbar Salehi, diretor da agência nuclear do Irã, segundo transcrição de entrevista concedida à Press TV, canal iraniano de notícias transmitido em inglês.

Potências ocidentais veem como o reator de plutônio como um "caminho alternativo" ao processamento de urânio para Teerã eventualmente produzir uma bomba atômica. O Irã nega que tenha a intenção de desenvolver armas nucleares e Salehi disse especificamente que as preocupações do Ocidente com Arak são infundadas, mas o governo iraniano está disposto a ceder em alguns pontos.

A próxima rodada de negociações entre o Irã e o grupo de potências formado por Alemanha, China, Estados Unidos, França, Reino Unido e Rússia está programada para começar em 18 de fevereiro na Suíça. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãnuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.