Irã, Síria e Hezbollah estão preparados para ataque dos EUA

O Irã, a Síria e a milícia xiita libanesa do Hezbollah estão se preparando para um eventual ataque dos Estados Unidos que esperam para meados deste ano, disse neste domingo, 1, o chefe do Corpo de Inteligência do Exército israelense, general Amos Yadlin.Em comparecimento no Conselho de Ministros, Yadlin afirmou que são preparativos "defensivos", e que estes não iniciariam um confronto."O que estamos vendo é sua preparação para a possibilidade de uma guerra" em meados do ano, na qual Irã, Síria e Hezbollah acreditam que Israel também estaria envolvido, embora não lançasse o ataque, disse o general.O responsável da inteligência militar está "vigiando muito de perto estes preparativos", porque Irã, Síria e Hezbollah "poderiam interpretar mal diversos movimentos na região".Yadlin acredita que, assim como aconteceu em 1967 com a Guerra dos Seis Dias, poderia explodir um conflito armado, embora nenhuma das partes esteja interessada nisso, porque há "muitos atores envolvidos".Sobre o Hezbollah, afirmou que "está ocupado se recuperando", após o conflito com Israel em meados do ano passado, porque, "assim como a Síria", espera uma guerra este ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.