Irã suspenderá enriquecimento de Urânio

O Irã anunciou nesta terça-feira que suspenderá o enriquecimento de urânio e permitirá a inspeção de seu programa nuclear, mas ainda não determinou um caledário para adotar as medidas. O anúncio foi feito com a ida a Teerã dos ministros das Relações Exteriores da França, Inglaterra e Alemanha para discutir o programa nuclear iraniano. O secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional, Hasan Rowhani, disse que o Irã firmará um protocolo adicional ao Tratado de Não Proliferação Nuclear que permitirá aos inspetores da ONU visitar qualquer lugar ou instalação sem aviso prévio.Os chanceleres britânico, Jack Straw; alemão, Joschka Fischer; e francês, Dominique de Villepin ainda pressionam o Irã para que respeite o prazo de 31 de outubro fixado pela Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), para demonstrar que não tem um programa nuclear bélico. Caso o país não respeite o prazo, o assunto será discutido no Conselho de Segurança da ONU que pode impor sanções.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.