Irã testa míssil capaz de ´destruir blindados potentes´

O Irã anunciou nesta quarta-feira, 20, que os Guardiães daRevolução iranianos testaram "com sucesso" um novo míssil defabricação nacional, que pode "destruir os blindados mais potentes",informou a televisão iraniana Alalam.O míssil "Tosun" foi testado nesta quarta durante a terceira e última etapa das manobras "Eqtidar", que tiveram a participação de cerca de 60 mil efetivos do corpo militar, fiel ao regime xiita conservadorde Teerã.Além do novo míssil, que pode ser lançado a partir do ombro ou deum veículo militar, foram testados também outros projéteisantitanques e um sistema de defesa contra helicópteros, todos defabricação iraniana.Segundo fontes militares iranianas, as manobras tiveram aparticipação de mais de 3 mil "grupos militares independentes" querecebem treinamento especial para "poder atuar no campo de batalha sem esperar ordens de seus comandantes".Os Guardiães da Revolução tinham realizado nove exercíciosmilitares terrestre e navais nos últimos doze meses. Os últimosaconteceram no início deste mês no Golfo Pérsico e incluíramexercícios terrestres, navais e aéreos.Os exercícios "Eqtidar" começaram na segunda-feira passada em 16 das 30 províncias do país, no momento em que aumenta a tensão entre os Estados Unidos e o Irã devido ao programa nuclear iraniano.Nesta quarta-feira termina o prazo dado pelo Conselho de Segurança da ONU a Teerã para que suspenda o enriquecimento de urânio, sob risco de novas sanções.O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, reiterou que seu paísnão renunciará a seus planos nucleares, que diz ter fins pacíficose, segundo ele, são um "direito legal dos iranianos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.