Irã vai reduzir cooperação com agência nuclear da ONU

O Irã decidiu reduzir seu nível de cooperação com a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), depois que a entidade impôs um prazo final para que o país prove que suas pesquisas nucleares têm apenas objetivos pacíficos. Ali Akbar Salehi, representante iraniano para a AIEA, disse que o Irã vinha concedendo à Agência mais privilégios do que os exigidos pelo Tratado da Não-Proliferação de Armas Nucleares, ?para mostrar cooperação e transparência?.?Seguindo ordens estritas do presidente Mohammad Khatami, vínhamos permitindo que a AIEA tirasse amostras ambientais e visitasse locais alheios às atividades nucleares. Isto estava além de nossas obrigações, mas a partir de agora agiremos de acordo com as normas em vigor?, disse ele.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.