Irã viola lacres da ONU em instalações nucleares

O Irã voltou a construir centrífugas que podem ser usadas para a produção de armas atômicas. Os lacres colocados pela Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) no equipamento foram violados, numa demonstração de desafio aos esforços internacionais para controlar as atividades nucleares do país, informam diplomatas. O Irã ainda não retomou o enriquecimento de urânio nas máquinas lacradas - medida que causaria maior alarme. Mas a retomada da construção das centrífugas deverá empurrar as nações européias para uma posição mais próxima do confronto com Teerã.Os EUA acusam o Irã de buscar desenvolver armas nucleares e quer o Conselho de Segurança da ONU aja na questão. Até o momento, a União Européia vem defendendo uma saída negociada para o impasse. O Irã nega a acusação, dizendo que seu programa nuclear visa à produção de energia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.