Iranianos desafiam o governo e protestam contra a Arábia Saudita em Teerã

Desafiando a proibição do governo, centenas de iranianos protestaram hoje contra a Arábia Saudita, depois que dois peregrinos iranianos teriam sofrido abusos ao visitarem o reino sunita.

Estadão Conteúdo

11 de abril de 2015 | 13h29

Mais de 300 manifestantes se reuniram em frente à embaixada saudita em Teerã, onde expressaram sua indignação com gritos "Vergonha" e "Morte à Casa Saud", em referência à família no poder.

Mais cedo, Mohammad Reza Yousefi, diretor do Gabinete do Governador de Teerã

Para Assuntos Políticos, foi citado pela agência de notícias oficial Irna ao dizer que qualquer protesto público seria ilegal.

Os manifestantes marcharam até a embaixada com o objetivo de derrubar a bandeira saudita, mas a polícia os impediu. Fonte: Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
Irãprotestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.