Iranianos especialistas em armamento são detidos em Gaza

As forças de segurança palestinas, ligadas ao movimento nacionalista palestino Fatah, detiveram na Universidade islâmica de Gaza sete iranianos especialistas emarmamentos, segundo informa nesta sexta-feira a imprensa israelense.O site do jornal Ha´aretz informa que as detenções foram feitas na noite de quinta-feira. Durante a operação, um dos iranianos, o oitavo do grupo, se matou.Alguns dos detidos são especialistas em armas químicas, segundo o site, que cita fontes não identificadas do Fatah. Durante a operação foram confiscados 1.400 foguetes e armas.O movimento islâmico palestino Hamas já negou as acusações e avisou ao Fatah que deve "parar de atacar a Universidade Islâmica, ou haverá sérias conseqüências".A rádio pública israelense afirmou nesta sexta-feira, no entanto, que não foram revelados nomes nem fotos dos especialistas iranianos. Além disso, a reserva da imprensa em árabe para informar sobre o assunto parece indicar que a detenção seria um novo ataque na guerra de propaganda entre os dis grupos.Se for confirmada, porém, significará um agravamento importante da intervenção do Irã no conflito entre Hamas e Fatah.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.