Iranianos votam no 2o turno da eleição parlamentar

Os iranianos votam na sexta-feira nosegundo turno de uma eleição que não deve afetar o controleconservador sobre o Parlamento, já que muitos reformistas foramimpedidos de participar no primeiro turno. Os conservadores já formaram a maior bancada no primeiroturno, em março, mas em alguns distritos ainda há necessidadede segundo turno -- 164 candidatos disputam as últimas 82 vagasem cem cidades, inclusive Teerã. Ao todo, o Parlamento tem 290vagas. Adversários moderados do presidente Mahmoud Ahmadinejaddizem que a votação foi injusta porque o Conselho Guardião, umórgão não eletivo que avalia o compromisso dos candidatos com oIslã e o sistema clerical, proibiu muitos reformistas departiciparem do pleito. Depois de elegerem um pouco mais de 30 deputados, osreformistas pedem a seus seguidores que não deixem de votar,para ampliar a voz da oposição no novo Parlamento, que tomaposse em maio. Os deputados não têm poderes sobre questões como o programanuclear ou a política externa, mas podem tomar decisões emquestões econômicas. A votação começou às 8h (0h30 em Brasília) e vai até as 18h(10h30), embora o horário tenha sido prorrogado em eleiçõesanteriores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.