Iraque adia eleição de assembléia por duas semanas

A conferência nacional iraquiana, que deverá escolher uma assembléia nacional provisória com poderes legislativos para organizar as eleições de 2005 no país árabe, foi adiada por duas semanas, um dia depois do atentado terrorista que deixou 70 mortos. A conferência deveria ter início neste sábado.Importantes grupos políticos vinham ameaçando boicotar a reunião e líderes regionais não conseguiram consenso na hora de nomear seus delegados. Mesmo antes do atentado de ontem, havia dúvidas quanto à viabilidade da conferência no prazo estipulado, e temia-se que o encontro se transformasse num alvo de terroristas.Abdul Halim al-Ruhaimi, um dos organizadores do evento, disse que, atendendo a sugestão da ONU, os iraquianos concordaram em adiar a conferência até meados de agosto. Al-Ruhaimi negou que o atentado de quarta-feira tenha influenciado a decisão sobre postergar a conferência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.