Iraque alerta petrolífera Total contra acordo com curdos

O governo do Iraque afirmou nesta segunda-feira que a empresa petrolífera francesa Total deverá escolher entre trabalhar com o norte curdo ou desenvolver um dos maiores campos de petróleo do sul do Iraque.

AE, Agência Estado

13 de agosto de 2012 | 09h26

No mês passado, a Total afirmou que assinou um contrato com os curdos para procurar petróleo em duas áreas, desafiado Bagdá. O governo iraquiano insiste que os recursos energéticos do país devem ser gerenciados nas esfera nacional, e não no âmbito do governo autônomo dos curdos.

O porta-voz do vice-ministro de Energia, Faisal Abdullah, disse nesta segunda-feira que o governo alertou a Total que ela deve interromper os trabalhos no campo de petróleo de Halfaya, de 4,95 bilhões de barris, se continuar o acordo com os curdos. A companhia francesa tem participação de 25% no consórcio que desenvolve Halfaya, liderado pela chinesa CPNC. A Total não quis comentar o assunto. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IraquecurdosTotalpetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.