Iraque ameaça converter-se em um "novo Vietnã"

O governo iraquiano ameaçou que seu país se converterá em um "novo Vietnã" caso seja invadido por forças americanas. "Nenhum soldado que invadir o Iraque sairá vivo. Faremos de nosso país uma tumba. Será para os soldados (americanos) um novo Vietnã", disse o ministro de Comércio Exterior, Mohammed Mehdi Saleh.Suas declarações foram proferidas em Sharm el Sheik, um balneário egípcio do Mar Vermelho, no marco de uma reunião de ministros da Liga Árabe. "Como povo, estamos completamente armados", disse Salaeh. A Liga Árabe começará a debater a crise iraquiana no sábado, em uma reunião de chanceleres de todos os países membros.Em Damasco, o número dois do governo iraquiano, Ezzat Ibrahim, que está a caminho do Egito para a reunião da Liga Árabe, reiterou que Bagdá está pronta para "lutar até vencer" os Estados Unidos, em caso de guerra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.