Iraque: caminhão-bomba mata 5 e fere 30 em Kirkuk

A explosão de um caminhão-bomba matou cinco pessoase deixou pelo menos 30 feridos em Kirkuk, cidade controladapelas milícias da etnia curda aliadas às tropas de ocupaçãonorte-americanas. A explosão aconteceu perto da sede do partidopolítico União Patriótica do Curdistão. Segundo Jalal Johar,membro desse partido, o ataque foi cometido ou pelo grupoextremista curdo Ansar al-Islam ou pela organização terroristaAl-Qaida. Em Bagdá, pistoleiros dispararam contra o prédio daembaixada das Jordânia, matando um segurança iraquiano. Na região de Ramadi, a explosão de uma bomba matou um soldadonorte-americano e feriu outros dois. Isso elevou o número demilitares dos EUA mortos no Iraque a 423 desde o começo daguerra, em 20 de março; 284 dessas mortes aconteceram depois de1º de maio, quando o presidente George W. Bush declarou o fimdos combates. A coalizão que invadiu o Iraque contabiliza ototal de 501 militares mortos desde o começo da guerra, 329depois de 1º de maio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.