Iraque completa seu Governo com escolha para pastas delicadas

O Parlamento iraquiano deu o sinal verde nesta quinta-feira aos ministros do Interior, da Defesa e de Segurança Nacional indicados pelo primeiro-ministro, Nouri al-Maliki. Com a aprovação fica completa a formação do primeiro Governo permanente do Iraque na era pós-Saddam.Os ministérios - considerados três dos mais delicados - estavam vazios desde 20 de maio, quando o xiita Al-Maliki apresentou o resto de seu Executivo ao Parlamento para receber o voto de confiança.No entanto, as disputas entre os diferentes grupos políticos tinham impedido um acordo em torno destas pastas.Finalmente, o cargo de ministro do Interior será ocupado pelo xiita Jawad al-Bulani; o de Defesa, pelo sunita Abdel Qader al-Jilani; e o de Segurança Nacional, pelo curdo Shirwan al-Waeli.Antes de assumir o cargo, os ainda candidatos prometeramtrabalhar com "espírito de equipe" a serviço de todos os iraquianos, para construir um novo Iraque longe do sectarismo e do racismo.A formação completa do novo Governo coincide com o anúncio da morte de Abu Musab al-Zarqawi, líder da Al Qaeda no Iraque, e sete de seus colaboradores em um bombardeio aéreo ocorrido na quarta-feira na província de Diala, ao nordeste de Bagdá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.