Iraque convida Grã-Bretanha a vistoriar supostas armas

O governo de Bagdá desafiou a Grã-Bretanha a provar que o Iraque está desenvolvendo armas de destruição em massa, afirmando que está pronto para receber "imediatamente" qualquer grupo de inspetores britânicos no país, afirmou um porta-voz governamental não identificado ao jornal Al-Thawra."O Iraque está pronto para receber qualquer time enviado pelo (primeiro-ministro Tony) Blair e acompanhado pela mídia britânica para mostrar ao mundo onde e como o Iraque está desenvolvendo tais armas", disse a fonte ao diário.O ministro da defesa da Grã-Bretanha, Geoff Hoon, em entrevista à rede de televisão BBC, afirmou: "Eles (o Iraque) sempre se recusaram a permitir que inspetores de armas da ONU e isto levanta uma suspeita muito grande sobre o que está acontecendo".A proposta iraquiana parece ser uma resposta ao comunicado de Blair, feito ontem, segundo o qual o acúmulo de armas de destruição em massa por parte do Iraque é uma ameaça ao mundo.Bagdá garante ter desmantelado suas armas, mas se recusa a admitir que inspetores da ONU retornem ao país para verificar a real situação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.