Iraque deve cumprir resoluções, diz Bush

O presidente dos EUA, George W. Bush, afirmou que a nova resolução do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas imposta ao Iraque significa que o governo de Bagdá deverá desmantelar todo o seu arsenal de armas de destruição em massa ou está sujeito a "conseqüências mais severas". "Ele (Saddam Hussein) deve se submeter a todos os métodos para verificação de seu cumprimento com a resolução. A sua colaboração deve ser rápida e incondicional ou ele enfrentará as conseqüências mais severas", afirmou Bush, em pronunciamento no Rose Garden, após a ONU ter aprovado por unanimidade a resolução esboçada pelos EUA em conjunto com o Reino Unido. O presidente elogiou a ONU pela votação, afirmando que o organismo exibiu coragem e enalteceu suas responsabilidades. No entanto, Bush fez um alerta velado ao afirmar que a ONU deve agir se o Iraque recusar-se, novamente, em colaborar com o sistema de inspeção de armas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.