Iraque divide candidatos nas eleições australianas

Os eleitores australianos têm pela frente uma escolha crucial a fazer com relação às tropas do país no Iraque: ficar até o final da transição de poder para um governo iraquiano ou sair imediatamente. A contribuição da Austrália para com os Estados Unidos não é o principal foco da campanha, mas é a questão que mais divide os dois candidatos ao posto de primeiro-ministro.O conservador John Howard, cuja coalizão busca um quarto mandato consecutivo de três anos nas eleições de 9 de outubro, enviou 2.000 soldados para ajudar os EUA a invadir o Iraque no ano passado e atualmente mantém 900 militares estacionados no país e região.Howard promete manter os soldados no Iraque até que as autoridades locais digam que não é mais necessário. Já seu principal adversário, o trabalhista Mark Latham, é um crítico aberto da invasão do Iraque e promete, se for eleito, trazer de volta todos os soldados australianos até o Natal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.