Iraque diz que desmantelou armas de destruição

O Iraque garantiu hoje, respondendo às acusações dos Estados Unidos, já ter desmantelado suas armas de destruição em massa. "A administração dos EUA é consciente do fato de que o Iraque cooperou plenamente com (inspetores de armas da ONU) e a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA)", teria dito um porta-voz não identificado do Ministério do Exterior, segundo divulgou hoje o jornal al-Iraq.Em discurso sobre o Estado da União na semana passada, o presidente dos EUA, George W. Bush, disse que Iraque, Irã e Coréia do Norte formam um "eixo do mal", e os acusou de estarem buscando armas de destruição em massa.O porta-voz do Ministério do Exterior iraquiano, segundo o al-Iraq, disse que inspetores da ONU trabalharam por anos no Iraque sem encontrar evidência de que Bagdá tenha violado resoluções da ONU que o impedem de possuir armas de destruição em massa. Mas inspetores da ONU partiram de Bagdá em dezembro de 1988 antes de ataques aéreos anglo-americanos, e o Iraque os impediu de retornar.O porta-voz iraquiano acusou a administração dos EUA de "lançar tais acusações falsas a fim de encobrir os crimes sionistas contra o povo palestino e encobrir a posse por parte de Israel de armas de destruição em massa".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.