Iraque é uma "ameaça grave" aos EUA, diz Bush

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, considerou hoje o Iraque uma ?ameaça grave?, e afirmou que os americanos estão se preparando para a guerra. "A Saddam Hussein (presidente do Iraque) foi dada a via da paz. Até agora ele escolheu a via do desafio. O destino do regime do Iraque está sendo determinado por suas próprias decisões", disse Bush. O conflito, no entanto, poderá ser evitado se o Iraque abrir e desmantelar seus programas para produção de armas de destruição em massa, afirmou o presidente, alertando que até agora, nada do que o Iraque tenha feito foi encorajador ou aceitável. Nos últimos dias, os militares norte-americanos anunciaram uma série de movimentos de tropas que irá aumentar consideravelmente a presença militar dos EUA no Golfo Pérsico. Para Bush, a declaração do Iraque sobre seu programa de desenvolvimento de armas de destruição em massa ficou muito aquém da meta de uma total abertura. O presidente fez esses comentários no Fort Hood (Texas). Suas férias de Natal terminaram e ele se prepara para retornar a Washington.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.