Iraque elogia Jacques Chirac

O governo do Iraque elogiou o presidente francês, Jacques Chirac, por sua posição "igualitária e positiva" a respeito da crise com os EUA. "O papel do presidente Chirac é muito importante para impedir uma agressão contra o Iraque. Sua posição é igualitária e positiva, e serve a nossos interesses comuns", afirmou o ministro do Comércio iraquiano, Mohamed Mehdi Saleh, em uma entrevista ao periódico francês Le Parisien. Em nome de "obrigações morais", o ministro iraquiano espera que a França use seu poder de veto se os EUA e a Grã-Bretanha insistirem em uma resolução da ONU que "dê luz verde para um ataque contra o Iraque". "O verdadeiro objetivo da guerra é o de apoderar-se dos poços de petróleo iraquianos e evitar que a França tire proveito deles. Se os EUA ocuparem nossos poços, a França e a Europa estarão à mercê de Washington", acrescentou Mehdi Saleh, em uma breve visita a Paris. O ministro iraquiano destacou que "nós esperamos que a França resista a toda nova resolução que contemple o uso da força, já que está tudo claro no Iraque: pode-se verificar que não existem mais armas de destruição em massa".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.