Iraque enforca mais 17 prisioneiros

O Ministério da Justiça do Iraque anunciou nesta segunda-feira a execução de 17 prisioneiros, ignorando apelos de entidades de defesa dos direitos humanos para que as condenações fossem reconsideradas.

AE, Agência Estado

19 de agosto de 2013 | 12h56

Segundo o Ministério da Justiça, 15 iraquianos e um egípcio foram condenados por "terrorismo" depois de cometerem "crimes contra o povo iraquiano". O crime cometido pelo 17º condenado não foi especificado. Havia duas mulheres entre os 17 condenados à morte em questão. Todos foram enforcados.

Na nota, o Ministério da Justiça do Iraque não detalhou quando ocorreram as execuções. Até agora, pelo menos 67 prisioneiros foram condenados à morte somente em 2013.

De acordo com a Anistia Internacional, o Iraque é atualmente o quarto país que mais recorre à pena de morte, atrás apenas da China, do Irã e da Arábia Saudita.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraquepena de morte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.