Iraque escolhe o primeiro governo não-provisório

O Parlamento iraquiano formou neste sábado o primeiro governo não-provisório do país desde a deposição de Saddam Hussein. O presidente do Parlamento será o sunita Mahmoud al-Mashhadani, escolhido para o cargo com 159 votos e 97 abstenções. O curdo Jalal Talabani foi confirmado para um segundo mandato como presidente da República, e os dois vice-presidentes serão o sunita Tariq al-Hashimi e o xiita Adil Abdul-Mahdi. O primeiro ato de Talabani foi convidar o xiita Jawad Al-Maliki a formar um Gabinete, como primeiro-ministro. Políticos sunitas e curdos já haviam dado a entender que aceitariam Al-Maliki, que substituirá o atual premier, Ibrahim al-Jaafari. Autoridades americanas e iraquianas esperam que um governo de unidade nacional consiga deter não só a revolta sunita quanto a sangrenta rixa entre xiitas e sunitas que vinha se agravando durante o período de incerteza política. Se o novo governo iraquiano conseguir cumprir esses objetivos, os EUA poderão retirar do país seus 133.000 soldados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.