Iraque executa 42 penas de morte em dois dias

O Ministério de Justiça do Iraque informou nesta quinta-feira que as autoridades do país executaram 42 penas de morte, incluindo a de uma mulher, nos últimos dois dias. Segundo o governo, todos haviam sido condenados por crimes relacionados a terrorismo.

AE, Agência Estado

10 de outubro de 2013 | 09h36

O anúncio mostra que Bagdá continua determinado em conduzir penas de morte, apesar dos apelos internacionais para que este tipo de sentença seja abolida.

O porta-voz do Ministério, Haider al-Saadi, disse que todos os 42 eram condenados iraquianos e haviam cometido crimes terroristas e"matado dezenas de inocentes". A declaração não dava mais detalhes. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
iraquepena de morte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.