Iraque fecha cafés em Kirkuk após ataque com 39 mortos

Autoridades de Kirkuk, no norte do Iraque, ordenaram o fechamento de todos os cafés da cidade, um dia depois de um ataque suicida que matou 39 pessoas quando uma bomba foi detonada em um café lotado.

Agência Estado

13 de julho de 2013 | 11h58

O chefe da polícia, o Major General Jamal Tahir disse que suas tropas não podem garantir a segurança de dezenas de casas de chá e cafés na cidade. Kirkuk está localizada a 290 quilômetros ao norte de Bagdá.

Mais de 2.600 pessoas foram mortas desde abril no Iraque, elevando os temores de que o país está se dirigindo mais uma vez para uma guerra civil. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
KirkukJamal Tahirataque suicida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.