Iraque já custou US$ 119,4 bi para os americanos

Mesmo para os padrões de Washington, os US$ 119,4 bilhões que o presidente George W. Bush e o Congresso dos EUA jogaram nos dois primeiros anos da guerra no Iraque é muito dinheiro. Apesar de ser uma fração muito pequena dos gastos federais, o montante é maior que os US$ 100 milhões que poderiam ser usados para contratar mais 2.500 máquinas de raios-X para aeroportos; ou US$ 1 bilhão que permitiria que 160.000 famílias de baixa renda mantivessem subsídios federais para aluguéis, dizem senadores democratas.O total de US$ 119,4 bilhões, compilado pela Agência de Administração e Orçamento da Casa Branca, é o mais abrangente levantamento do custo financeiro da guerra apresentado até agora. Do total, US$ 97,2 bilhões foram para operações militares, US$ 21,2 bilhões para a reconstrução da economia e do governo do Iraque, e US$ 1 bilhão para gastos administrativos dos EUA no país árabe.O Congresso aprovou a verba por ampla maioria no último ano e meio, e poucos congressistas questionaram sua necessidade. Mas muitos afirmam que ela engole dólares que outras partes do orçamento anual de US$ 2,4 trilhões poderiam usar, de projetos educacionais a cortes de impostos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.