AFP PHOTO / HAIDAR MOHAMMED ALI
AFP PHOTO / HAIDAR MOHAMMED ALI

Iraque obtém empréstimo de US$2,7 bilhões dos EUA para o Exército

Segundo comunicado oficial, esse acordo se insere nos esforços empregados pelos Estados Unidos para garantir que as dificuldades econômicas do Iraque não afetarão sua luta contra o EI

O Estado de S. Paulo

29 Junho 2016 | 18h26

O Iraque fechou um acordo com os Estados Unidos sobre um empréstimo de US$ 2,7 bilhões para financiar a compra de munições e a manutenção de tanques no contexto de luta contra o grupo radical Estado Islâmico (EI).

A embaixada dos Estados Unidos afirmou em comunicado que a declaração de intenção foi assinada pelo embaixador Stuart Jones e o ministro iraquiano das Finanças, Hoshyar Zebari.

"Essa linha de crédito ajudará o Iraque com a compra de munições e a manutenção de seus aviões F-16 e de seus tanques M1A1 (Abrams)", afirmou Jones. O acordo dá ao Iraque um prazo de oito anos e meio para pagar esses gastos militares.

Segundo o comunicado, esse acordo se insere nos esforços empregados pelos Estados Unidos para garantir que as dificuldades econômicas do Iraque não afetarão sua luta contra o EI.

O orçamento do Iraque, muito dependente dos recursos petrolíferos, tem sido duramente atingido pelos baixos preços dessa matéria-prima e pelos custos militares do combate ao EI. / AFP 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.