Iraque: Onda de explosões deixa 45 mortos em Bagdá

Pelo menos 45 pessoas morreram e mais de cem ficaram feridas em uma rápida sucessão de explosões ocorrida hoje em Bagdá, informaram autoridades locais.

AE, Agência Estado

07 de outubro de 2013 | 18h17

Os atentados aparentemente coordenados foram perpetrados com carros-bomba e atingiram áreas comerciais da capital iraquiana na noite desta segunda-feira, no horário local.

Segundo a polícia bagdali, 45 pessoas morreram em nove explosões ocorridas em oito diferentes bairros da cidade num intervalo de poucos minutos. Este é o terceiro dia seguido no qual a violência deixa dezenas de mortos no Iraque.

Além das 45 pessoas mortas, pelo menos 111 ficaram feridas. Fontes hospitalares confirmaram a cifra de vítimas fornecida pela polícia.

O Iraque atravessa no momento a mais grave escalada de violência desde 2008, com atentados praticamente diários atribuídos em grande parte a insurgentes sunitas.

A violência agravou-se a partir de abril, quando forças do governo, liderado por xiitas, reprimiram um protesto de sunitas no norte do país. Mais de 5 mil pessoas morreram em episódios de violência desde então, segundo acompanhamento da Organização das Nações Unidas (ONU). Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.