Iraque ordena saída de seguranças da Blackwater

O Iraque ordenou que centenas de seguranças privados da empresa norte-americana Blackwater Worldwide deixem o país em sete dias, ou enfrentem prisões sob o argumento que seus vistos estão expirados, anunciou hoje o governo iraquiano.

AE-AP, Agencia Estado

10 de fevereiro de 2010 | 19h48

A ordem foi expedida logo após a Justiça dos Estados Unidos ter arquivado acusações criminais contra cinco seguranças da Blackwater, que foram acusados de uma matança na qual foram mortos a tiros 17 civis iraquianos numa praça em Bagdá em setembro de 2007.

A ordem do ministério iraquiano se aplica a todos os 250 seguranças da Blackwater que trabalhavam no Iraque na época da matança, disse o ministro do Interior do Iraque, Jawad al-Bolani.

Tudo o que sabemos sobre:
IraquesegurançasviolênciaBlackwater

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.