Iraque pede renovação do mandato das forças lideradas pelos EUA

O Iraque pediu ao Conselho deSegurança da Organização das Nações Unidas (ONU) que prorrogueo mandato das forças lideradas pelos Estados Unidos por mais umano, alegando que essa será a última renovação e que o mandatopode ser encerrado antes do previsto. As tropas norte-americanas atualmente no Iraquepermaneceriam no país após o fim de 2008, quando o últimomandato da ONU vencer, mas Bagdá quer mudar os termos quepermitem a presença dos militares dos EUA para que ela sejabaseada em acordos bilaterais, atualmente em discussão comWashington. Em carta ao Conselho de Segurança divulgada nestasegunda-feira, o primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki,disse que as forças armadas do Iraque fizeram progressos nadireção de garantir sua segurança, quatro anos e meio depois dainvasão liderada pelos EUA em março de 2003. "Uma revisão do papel e da autoridade da forçamultinacional será, todavia, necessária para atingir um balançoentre, de um lado a necessidade de prorrogar, por uma últimavez, o mandato da força e, de outro lado o progresso feito peloIraque na área de segurança", disse Maliki na carta. Os ataques no Iraque caíram em 55 por cento desde o enviode 30 mil soldados norte-americanos ao país em meados de junho. (Por Claudia Parsons)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.