Iraque pode permitir volta de inspetores de armas

O Iraque pode autorizar os inspetores de armamentos, a serviço das Nações Unidas, a voltarem ao país, se as inspeções forem conduzidas de forma diferente, disse nesta quarta-feira o ministro das Relações Exteriores da Turquia. "O que chamou minha atenção ao conversar com os iraquianos foi que as objeções que eles estavam fazendo não eram tanto em relação ao trabalho que (os inspetores) faziam, mas em relação à atitude deles ... à maneira como estavam tratando as pessoas em volta deles", declarou à Associated Press o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Ismail Cem. "No Oriente Médio, a psicologia é muito importante."Cem manteve conversações nesta quarta-feira com seu colega iraquiano, Naji Sabri, nos bastidores de uma reunião de cúpula em Istambul, que reúne nações européias e islâmicas. Ele acrescentou que analisar a preocupação do Iraque "pode servir como ponto de partida a partir do qual algo positivo pode surgir".A Turquia, que faz fronteira com o Iraque, tem conclamado o líder iraquiano, Sadam Hussein, a autorizar a volta dos inspetores de armamentos a serviço da ONU, a fim de evitar uma possível ação militar dos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.