Iraque poderá ter eleições em um ano, diz Powell

O secretário de Estado dos EUA, Colin Powell, disse que os Estados Unidos gostariam que o Iraque tivesse uma nova Constituição em seis meses, com eleições para talvez seis meses depois e o retorno à autodeterminação. Ele enfatizou, porém, que o governo americano não estava definindo um prazo formal. Se a Constituição puder ser elaborada em seis meses, os iraquianos viriam a ratificá-la e preparar o pleito, disse Powell. ?Algumas pessoas dizem que a partir daí seriam seis meses para as eleições, mas não podemos ser precisos quanto a isso?. Os comentários do secretário de Estado surgem num momento em que os oponentes da guerra no Iraque - incluindo França, Alemanha e Rússia - pedem que as Nações Unidas assumam a transição política no Iraque e exigem um cronograma mais apertado para que a ocupação americana deixe o poder.

Agencia Estado,

26 Setembro 2003 | 17h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.